Freguesia de Gualtar
Braga

Somos uma freguesia do município de Braga com 2,74 km² de área e 5 286 habitantes

A nossa densidade populacional é de 1929 hab/km²

Distamos cerca de 2 km da sede do concelho, e está situada na margem direita do rio Este.

ENVIE AS SUAS SUGESTÕES

SERVIÇOS 
da Junta

POSTO DOS CTT

 

Contacto do Posto dos CTT 
cttgualtar@gmail.com  -   938548383

ESPAÇO CIDADÃO

 

Contacto do Espaço Cidadão ec.gualtar@ama.pt -   938548383

ASSISTENTE SOCIAL

 

Sou um parágrafo. Clique aqui para adicionar o seu próprio texto.

ASSOCIÇÃO VIDA INDEPENDENTE

 

Sou um parágrafo. Clique aqui para adicionar o seu próprio texto.

ENTRE

EM CONTATO

Rua da Bouça 4 - Gualtar
4710-053 Braga

Email: atendimento@gualtar.org
Tel: 253 675 612

NOSSO ENDEREÇO

9h00 - 12h00  e das 14h00 - 19h00

Segunda - Sexta

CONTATE-NOS
 
 
 

SOBRE
GUALTAR

Os primeiros documentos referentes à Freguesia de Gualtar datam dos séculos IX e X, sendo na altura comuns as designações de S. Miguel ou S. Miguel de Gualtar. Dista cerca de 2 Km da sede do concelho, e está situada na margem direita do rio Este, Gualtar tem como freguesias vizinhas Adaúfe, Santa Lucrécia de Algeriz, S. Mamede d' Este, S. Pedro d' Este, Tenões e S. Victor.

A área ocupada por Gualtar de 3,79 Km2 é superior à área média das freguesias do concelho.

A Freguesia de Gualtar compreende os lugares de Arcela, Bairro Henriqueta, Barreiro, Barros, Bela Vista, Bouça, Crespa, Estrada Nova e Estrada Velha, Friande, Igreja, Laje, Monte de Baixo, Mourisca, Poça e Vergadela.

O lugar de Estrada Velha está relacionada com a "Geira", antiga estrada da Península Ibérica, uma das antigas vias romanas que ligavam Braga a Astorga. Passava pela serra do Gerez, onde se encontraram alguns trechos do seu leito e especialmente, marcos miliários, grande parte dos quais foram mandados recolher pelo arcebispo D. Diogo de Sousa a Braga, onde ainda hoje se conservam.

O artesanato na Freguesia de Gualtar é caracterizado essencialmente por rendas e bordados, restauração de móveis antigos e trabalhos em verga e palhinha. Ocupa neste último, lugar de relevo o fabrico de cestas, chapéus, peças de mobiliário decorativo, candeeiros além das típicas "croças" de junco (gabardinas das gentes dos campos).

Relativamente ao restauro de móveis antigos, Gualtar assume-se como uma das freguesias que fa com que a arte da marcenaria e de carpintaria do concelho de Braga se torne famosa em todo o norte de Portugal.

HORÁRIO DE ABERTURA

Obrigado pelo envio!

ctt.png
logo_espaco_cidadao.png
download.jpg
AVI.jpg